quinta-feira, 17 de outubro de 2013

DE BRASÍLIA - Por Nilo Dias – Jornalista

Comercial dá a volta por cima

Uma grande notícia para a sociedade gabrielense, o Clube Comercial está novamente apto para a realização de festas. E isso só foi possível graças ao intenso trabalho da Comissão Especial Diretiva, composta pelos abnegados associados José Dias, Rita Dias, Vagner Kluwe, Dirceu Abreu, Chiquinho e Rita Dias Borges.
O Comercial se modernizou, pagou dívidas e fez ajustes em sua sede para garantir mais segurança aos frequentadores. E para reabrir as portas nada melhor que realizar o a quarta edição do baile “Mulheres que brilham”, uma festa magnifica que mexe com toda a cidade.
E no ano que vem, quando o Clube completará 100 anos de fundação, muitas festas estão sendo programadas. Mas por enquanto o que está realmente confirmado é o “Baile de Aniversário”, a se realizar no mês de julho. 


Os ótimos seviços da Corsan

Uma pesquisa encomendada pela Corsan mostrou que 87% de seus clientes estão satisfeitos ou muito satisfeitos com os serviços que são oferecidos. Até 2011 a empresa sofreu um assédio privatista, que acabou por retirá-la de nossa cidade. E hoje São Gabriel sofre com serviços da pior qualidade.
Uma CPI feita na Câmara Municipal indicou uma série de irregularidades ocorridas quando da licitação. O que não se entende é porque o prefeito até agora mantém a São Gabriel Saneamento na cidade, quando prometeu – e não cumpriu – que seu primeiro ato de Governo seria mandá-la embora. E eu acreditei. 

10 anos do Bolsa Família

Eu sei que muita gente não gosta nem de ouvir falar do programa governamental “Bolsa Família”, instituído pelo ex-presidente Luiz Inácio “Lula” da Silva e mantido pela presidente Dilma Rousseff. E em São Gabriel, cidade conservadora, em que hábitos centenários persistem, ainda impera a ideia de que não se pode dar nada a ninguém de mão beijada.
Até que isso poderia ser verdade, caso vivêssemos em um país onde houvesse uma divisão de renda justa, e em que todos tivessem acesso a Educação, Saúde e a um bom emprego. Mas, lamentavelmente, não e isso o que acontece. Por esse Brasil afora tem gente que passa fome e convive com todo o tipo de dificuldades.
Essa situação começou a mudar nos últimos 10 anos, com o advento do programa “Bolsa Família”. E para comemorar tão expressiva data, está sendo realizada no anexo do Museu da República, em Brasília, a exposição multimídia “Os filhos deste solo: olhares sobre o povo brasileiro”, que foi aberta na última sexta-feira e que se prolongará até o fim do mês.
A mostra traz em painéis e projeções fotográficas, tudo o que diz respeito aos 10 anos do ”Bolsa Família”. E vale a pena ouvir as histórias de cinco mulheres de Sergipe, Pará, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro, todas beneficiárias do programa, em diferentes estágios, e que estão superando a situação de pobreza.
A partir de fevereiro de 2014, a mostra percorrerá outras regiões do país. Quase ia esquecendo, a gabrielense Suelen Jobim, que há anos mora em Brasilia, trabalhou na organização do evento. Quem sabe o prefeito Roque Montagner, que é do PT, consiga que a exposição chegue até São Gabriel. Seria ótimo.

(E-mails: nilodt@hotmail.com, nilodias@ibest.com.br e nilogaucho@folha.com.br)