terça-feira, 29 de outubro de 2013

Valdeci defende aposentadoria diferenciada para mulheres policiais civis

O Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia do Estado (UGEIRM) realizou nesta sexta (25), em Santa Maria, o 1º Encontro de Mulheres Policiais. Representando a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, os deputados Valdeci Oliveira (PT) e Jeferson Fernandes (PT) acompanharam a abertura do evento e discutiram com os servidores da Polícia Civil e autoridades do setor a questão de gênero na segurança pública, a qualificação profissional e os avanços conquistados nos últimos anos pelas trabalhadoras. Em especial, foi discutida a mobilização pela aposentadoria aos 25 anos de serviço para as mulheres policiais, reivindicação que ganha força dentro da categoria.

Para Valdeci, a aposentadoria diferenciada é uma pauta que merece apoio. “ Vamos defender junto ao governo que este tema avance sempre atentando para as questões legais e orçamentárias. Mas acreditamos que é uma iniciativa que tem de ser bem debatida e, de forma responsável, viabilizada. É uma conquista justa e importante para as mulheres policiais", disse.
Segundo o presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, os policias têm hoje uma relação direta com o governo e com a Assembleia. "Muitas demandas estavam reprimidas, como a aposentadoria e as promoções. Hoje temos diálogo aberto e conseguimos conquistar muitos direitos", disse Ortiz.
Para o líder do governo, a valorização dos servidores é fundamental para qualificar o atendimento à população. "Os policiais civis são agentes de segurança e de garantia dos direitos humanos. É fundamental que sejam valorizados e qualificados cada vez mais", afirmou Valdeci.
Estiveram no evento também representantes da Secretaria da Segurança Pública, da Casa Civil e da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, além do delegado regional da Polícia Civil, Marcelo Arigony.