terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Prefeito defende implantação de Programa Estratégia Saúde da Família

ESF vai beneficiar inicialmente 6.294 pessoas na zona sul 

A administração municipal quer implantar com urgência o Programa Estratégia Saúde da Família (ESF) e Equipe de Saúde Bucal (ESB), em São Gabriel. A proposta, anunciada ainda no primeiro semestre de 2013, passou por trâmites burocráticos e agora atinge um estágio definitivo, onde o projeto será encaminhado pela 10ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) para analise do governo estadual. O prefeito Roque Montagner, juntamente com o secretário municipal de Saúde, Daniel Ferrony, e de Obras, Felipe Abib, e o provedor da Santa Casa de Caridade, Luiz Carlos Dotto, em reunião com a secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes, defendeu em Porto Alegre, a importância de incluir o Município ao projeto Atenção Básica, habilitando-o a receber recursos para a reestruturação de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), numa parceria com o Estado e a União.

De acordo com o prefeito, o ESF é uma forma de promover a organização da rede básica de saúde, beneficiando, de imediato, uma população de 6.294 pessoas nas regiões assistidas pela UBS Nosso Sonho, com sede no Bairro Élbio Vargas. A proposta prevê inicialmente a instalação de duas equipes de ESF e uma de ESB com a contratação emergencial de 11 agentes comunitários e um auxiliar em saúde bucal. Montagner admitiu que a inclusão de São Gabriel ao projeto possibilitará ainda o chamamento de profissionais de saúde classificados no último concurso público para a formação dos grupos atendentes.
A saúde é prioridade e a administração municipal quer melhorar os índices da rede básica na área médica. A inserção do Município ao Programa Mais Médicos, do governo federal, é uma realidade. Como o ESF precisa de médicos, para reforçar a proposta de inclusão, o prefeito disse que a administração de São Gabriel se comprometeu em pagar as despesas do “Mais Médicos” com moradia, alimentação e transporte. “Já estamos com toda a infraestrutura viabilizada e apenas aguardamos a chegada de dois profissionais.” Serão diretamente beneficiados os moradores dos bairros Dr. Dácio, Élbio Vargas, Santa Regina, Gabrielense, Bela Vista, Santa Izabel, Honório e as famílias do Residencial Antônio Trilha, contempladas pelo Projeto Minha Casa, Minha Vida, “região onde a população é carente e necessita de atenção especializada e um atendimento humanizado de qualidade e eficiência”, argumentou o prefeito.

INVESTIMENTOS - Roque Montagner ainda apresentou uma relação de projetos aprovados pelo governo estadual, já publicados no Diário Oficial, e que apenas depende de liberação de recursos. O prefeito disse que o montante é de R$ 215 mil e cobrou agilidade no processo.
O Município aguarda a liberação R$ 50 mil para aquisição de um veículo para a Rede Cegonha; R$ 50 mil para aquisição de um veículo de sete lugares (com contrapartida de R$ 6 mil); e R$ 115 mil para compra de uma Van de 15 lugares (contrapartida de R$ 15 mil).