segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Mel gabrielense começa a ser exportado

Uma parceria com o Governo Municipal que realmente apresenta resultados positivos, principalmente para a classe produtora. A exportação de mel para países da Europa e para os Estados Unidos deixou de ser um sonho e passou a ser realidade com a venda da produção gabrielense para uma exportadora de São Paulo. Na manhã de quinta-feira (28/11), a Associação dos Apicultores de
São Gabriel encaminhou 32 toneladas do produto para a cidade paulista. De acordo com o presidente da entidade, Dalvi Lemes dos Santos, a venda em conjunto é resultado da safra de primavera e confirma uma evolução no setor produtivo nos últimos anos. A Associação trabalha com a perspectiva de chegar, na safra de inverno, comercializando 80 toneladas.
A Associação deverá encaminhar mais uma remessa do produto no mês de dezembro, encerrando o ano de 2013 com números altamente positivos. Na semana passada, o setor já havia vendido 20 toneladas para São Paulo. A evolução tem nome: organização. Segundo o secretário municipal de Agricultura, João Francisco Cunha, o governo municipal tem auxiliado na estruturação da classe produtora, possibilitando cursos que garantem melhorias na produção, comercialização e beneficiamento do produto. A Casa do Mel, local para extração, processamento e comercialização dos produtos, é um exemplo disso. A obra está em fase de conclusão.
Conforme o presidente da entidade, a Associação reúne 100 produtores de São Gabriel, Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul. A união deles eliminou a inclusão do atravessador no processo de comercialização e o resultado disse, pode ser constatado na mesa do consumidor, com um produto de qualidade e com preços mais acessíveis.