sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Prefeito em exercício recebe mulheres de assentamentos de São Gabriel e Santa Margarida do Sul

Movimento reivindica ações de combate 
à violência contra a mulher

Um grupo de mulheres, representante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra de São Gabriel e Santa Margarida do Sul, pediu a implantação de uma delegacia especializada em atendimento às vítimas de violência, de uma casa de passagem e capacitação para as camponesas, além de políticas que possam melhorar o atendimento em saúde e educação nas localidades onde hoje estão situados os assentamentos. Esta pauta de reivindicações foi entregue ao prefeito em exercício Evandro Obaldia Guedes, no final da manhã desta quinta-feira (05/12), na Prefeitura Municipal. A reunião, no Gabinete do Prefeito, ainda teve a participação da secretária municipal de Planejamento e Projetos, Tani Vieira. “Trata-se de uma reivindicação justa e importante devido ao grande número de assentamentos que temos, principalmente, em São Gabriel”, avaliou Guedes.

O prefeito em exercício informou que o Município já solicitou a implantação de uma Unidade da Patrulha Maria da Penha, da Brigada Militar, em São Gabriel e também já cadastrou projeto de instalação de uma Casa de Passagem junto ao Governo do Estado. Ele explica que o processo é lento porque deve ainda passar por trâmites, “mas a violência contra a mulher é uma das preocupações do Governo e estamos priorizando formas de acabar e inibir tais atos”.

CAPACITAÇÃO - O grupo ainda apresentou pedidos de infraestrutura básica, como água, luz, estradas no campo e qualidade e acesso à saúde. Segundo o Movimento, a violência institucional, com a falta de oportunidades para a classe feminina, também pode ser considerada uma violência contra a mulher.
“Quem mais sofre com violência institucional é a mulher. Precisamos de políticas públicas voltadas para nós”, disse Carla Cardoso, líder do MST.
As representantes do MST foram informadas da existência de cursos de profissionalização de mão de obra, hoje disponibilizados pelas Secretarias de Indústria e Comércio e também de Assistência Social. Ações voltadas para a Saúde também serão analisadas pelo Governo.
O prefeito em exercício determinou que a secretária de Planejamento busque informações sobre projetos para aquisição de uma Unidade Móvel de Saúde. “Não é uma promessa, mas com certeza vamos buscar, se for possível, meios para concretizar essa reivindicação”, disse ele.
Na área de educação, Guedes explicou que o Município já conquistou veículos para o transporte escolar do interior e também já iniciou a construção de três escolas em três regiões de assentamentos. Tudo isso em parceria com o Governo do Estado.

PRODUÇÃO - As camponesas entregaram para o prefeito em exercício uma cesta com alimentos produzidos nos assentamentos de São Gabriel e Santa Margarida do Sul. Segundo elas, o ato pode ser considerado como prestação de contas de um trabalho que é desenvolvido pelos pequenos produtores da região, com produção de arroz, mandioca, batata doce, legumes e ainda pães e doces. “Realmente são produtos de qualidade e com certeza trata-se de um trabalho bem desenvolvido”, finalizou.