sábado, 26 de outubro de 2013

Feira do Livro 2013 supera expectativas: vendas aumentam em mais de 20%

As atrações paralelas à Feira do Livro 2013 foram o grande diferencial desta 7ª edição. A participação de bandas, Contação de Histórias e o Sarau de Poesias, envolveram o público que esteve na Praça Dr.Fernando Abbott em busca da literatura. As vendas em 2013 também foram expressivas. De acordo com o Setor de Finanças da SEME, foram vendidos em média 2.300 livros durante os quatro dias de feira. Os destaques na preferência dos leitores foram os livros infantis e a Obra “O Tempo e o Vento” de Érico Veríssimo. Na Sessão de autógrafos, os autores gabrielenses Clair Alves, Roberto Bisogno e Fernanda Pinto foram os mais procurados. Do total de 20 estandes, 14 foram ocupados com livros, entre eles, o Clube do Gibi e a exposição de livros em miniatura da poetisa Cláudia Gonçalves.
O Sarau de Poesias apresentou talentos da literatura da terra e de fora da cidade, que no entardecer do sábado, (19) e domingo (20), à sombra das árvores da praça, declamaram composições próprias e de outros autores. O Sarau trouxe Rossyr Berny e seus convidados, entre eles, a poetisa Claudia Gonçalves, Darcy Everton Dárgen, Poeta Portinho e sua esposa Eloisa Parazze e os poetas gabrielenses Elody Veiga de
Menezes representando a ACAM e a Associação dos Amigos da Biblioteca Pública, Edinho Perlin, Carlos Vieira Gonçalves, Pedro Munhoz, Naizy Machado e Vera Rita. Fernando Almeida Poeta, que já editou três livros com temas regionais gauchescos, lançou o livro Fronteira e Pampa e traz como veia literária o relato de experiências com a lida no campo. A Contação de Histórias do SESC envolveu crianças, jovens e adultos que mergulharam na interatividade do instrutor do SESC, Roger Andrei Castro.
De acordo com a secretária de Educação, Nilvanês Jobim, a Feira do Livro 2013 superou as expectativas, “tivemos sempre uma boa circulação de pessoas nos estandes, prova disso é a superação nas vendas, que em 2011, chegaram a 1.800 livros e esse ano alcançamos a marca de 2.300 livros vendidos. Faço referência ao ano de 2011 porque não encontramos dados da Feira do Livro do ano passado na Secretaria”. A secretária Nilvanês Jobim destacou a positividade das atrações paralelas à Feira do Livro, que segundo ela, são responsáveis pelo sucesso desta 7ª edição. A Feira do Livro foi encerrada oficialmente pelo prefeito Roque Montagner, na noite do último domingo.