quinta-feira, 24 de abril de 2014

Prefeito Roque define ações em audiência com equipe administrativa do Instituto Farroupilha

“Nosso trabalho é para que as pessoas de baixa renda e de menor poder aquisitivo tenham a oportunidade de participar de cursos de qualificação”, comentou o prefeito municipal Roque Montagner durante audiência em seu gabinete com a equipe administrativa do Instituto Federal de Educação Farroupilha, integrada pela Chefe de Gabinete da Reitoria, Ângela Marinho; Coordenador da Implantação do novo campus, Carlos Eugênio Balsemão e Coordenadora de Cursos do Pronatec Raquel Lunardi, acompanhados do Coordenador do Pronatec Campo do MDA  Gustavo Graminho e de Rodrigo Pires da Secretaria Municipal de Agricultura. Também participaram do encontro o Chefe de Gabinete, Luis Pires, os secretários municipais Felipe Abib (Obras e interino de Serviços Urbanos), Ricardo Gomes (Administração) e Branca Estelita Wiesel representando a Secretaria Municipal de Educação.

O prefeito Roque Montagner voltou a afirmar a confiança e parceria do instituto, inclusive apresentando sugestões de alguns cursos, como técnico em Informática, Auxiliar de Enfermagem, Piscicultura, Apicultura e também cursos voltados para a agricultura familiar, entre outros.
Já Raquel Lunardi explicou que inicialmente a ideia é constituir uma Unidade remota do Pronatec onde as turmas terão 30 alunos, ainda com a previsão de uma equipe de quatro pessoas na parte administrativa para desenvolver as atividades de atendimento ao público. “Buscamos sempre primeiramente realizar um estudo da vocação e realidade de cada município onde está sendo instalado o Instituto, com o objetivo de proporcionar cursos contemplando os setores de prestação de serviços, comércio, informática, turismo, línguas e também na área agrícola, entre outros, citando o exemplo do Programa “Mulheres Mil” do Governo Federal que tem atingido de forma positiva todos os objetivos. Também poderão ser desenvolvidos cursos técnicos concomitante com Programas do Governo do Estado, onde os alunos estudam em turno inverso ao horário das escolas que frequentam”, disse a coordenadora.
Por sua vez, Carlos Eugênio destacou o trabalho do prefeito Roque recentemente em Brasília para dar continuidade a implantação do campus do Instituto, em São Gabriel.
Na ocasião, Roque Montagner salientou que todas essas exigências serão atendidas, inclusive em relação a segurança. Ele explicou ao professor Carlos Balsemão que o Município disponibilizará vigilância 24 horas de forma presencial, o que já vem ocorrendo, por exemplo, nos prédios públicos, museus, praças e também nas 36 escolas municipais. “Após vários estudos, além da economicidade, ficou comprovado a alta eficiência deste sistema que funciona com muita segurança, pois além do alarme, dispõe de câmeras com visão diurna e noturna em um ângulo de 360 graus, e as imagens ficam arquivadas proporcionando assim a identificação de possíveis ações de vândalos”, destacou o prefeito. 
Ao final da audiência ficou acertado que nos próximos dias serão realizados levantamentos dentro do município sobre as carências de qualificação e vocação da comunidade, e acordado que a próxima reunião para a definição dos cursos que serão oferecidos acontecerá na primeira semana do mês de maio. Logo após, os participantes realizaram um visita in loco nas dependências do prédio onde funcionava a escola Borges Fortes e que será instalada a unidade do Instituto Farroupilha em São Gabriel.