terça-feira, 14 de janeiro de 2014

PROVEDOR LUIZ CARLOS DOTTO DEVERÁ SER REELEITO EM ASSEMBLEIA ORDINÁRIA NO PRÓXIMO DIA 31

Como acontece tradicionalmente no final do mês de janeiro de cada ano, já está marcada para o próximo dia 31, a realização da Assembleia Geral Ordinária da Santa Casa, que terá início às 20h e 30min, nas dependências do Salão Nobre da Instituição.
Segundo informações do atual Provedor - Luiz Carlos Venturini Dotto, o edital da referida Assembleia já se encontra publicado na imprensa local.

Dotto destaca que durante a assembleia será obedecida a seguinte Ordem do Dia: Prestação de Contas dos Órgãos Administrativos, acompanhada do Parecer do Conselho Fiscal; Relatório da Gestão; Balanço; Demonstrativo de sobras e perdas e Parecer do Conselho Fiscal; Relatório de Atividades do Corpo Clínico, sendo estes assuntos relativos a Gestão de 2013, e, logo após, será realizada a  Eleição e Posse da Nova Mesa Administrativa - Gestão 31 jan 2014 à 31 jan 2015.
O Provedor salienta que atualmente a Santa Casa possui 902 Sócios Efetivos e 121 Sócios Beneméritos, sendo que poderão votar todos os sócios beneméritos, e os efetivos quites com o pagamento da anuidade de 2013.
Luiz Carlos Dotto ressalta que recentemente foi realizada reunião com todos os membros da Mesa Administrativa onde por unanimidade seu nome foi escolhido para concorrer à reeleição. Ele explica que para o cargo de 1º Vice-Provedor estará concorrendo Cícero Mesquita Carvalho e 2º Vice-Provedor - Henrique Holtz Marques. Já os membros para os demais cargos estão sendo definidos, para posteriormente a Chapa ser inscrita no prazo determinado pelo Estatuto.
Dotto diz que 2013 foi um ano de muito trabalho, muitos desafios, mas também de conquistas em prol da Santa Casa, pois se trata de uma das maiores instituições do município que tantos serviços têm prestado à comunidade gabrielense e da região. Ele agradece a grande parceria e geração de esforços de todos os integrantes da Mesa Diretiva, Corpo Clínico, funcionários; ressaltando a importância das viagens à Brasília em busca de recursos (apoio da Bancada Gaúcha Federal e dos senadores do Estado), doações advindas de empresas, entidades, colaboradores e comunidade em geral.