quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Senado mantém texto de Bohn Gass e aprova criação da Anater

“Uma grande conquista para os agricultores e extensionistas”, esta é a avaliação do Deputado Federal Bohn Gass ao saber que o projeto que cria a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) foi aprovado nesta terça-feira (19) no Senado Federal. O texto que ganhou forma com o trabalho do parlamentar gaúcho – que foi o relator do projeto na Câmara – vai, agora, para sanção da Presidenta Dilma.

Como explica Bohn Gass, a Anater vai promover e coordenar programas de assistência técnica e extensão rural em todo o país. “Com a criação da Anater vamos aproximar a pesquisa cientifica do dia-a-dia dos agricultores familiares, garantindo a ampliação dos serviços de Ater”. Um dos grandes objetivos da nova agência é universalizar os serviços de Ater para os agricultores familiares e os médios produtores rurais, em parceria com as entidades estaduais (Emater) e organizações privadas.
“Estamos recuperando um serviço público fundamental que foi sucateado pelos governos que nos antecederam. E com um diferencial importantíssimo: a nova agência terá representantes dos movimentos sociais do campo em seu Conselho de Administração. Ou seja, quem faz agricultura no Brasil terá voz na definição das prioridades da Anater”, avalia Bohn Gass. Ainda segundo o parlamentar, a Anater vai ter papel muito importante na transferência de tecnologia da Embrapa para os agricultores familiares e na priorização da produção orgânica e agroecológica.
A Anater vai ter três linhas básicas de atuação: credenciar entidades públicas e privadas que prestam os serviços de Ater em todo o país, contratar serviços para atender agricultores de todos os portes e qualificar os serviços de assistência técnica e extensão rural. A agência vai, também, monitorar e avaliar os serviços prestados e estabelecer um processo de acreditação que premiará as melhores performances com vistas a oferecer bônus às entidades que oferecerem os trabalhos mais qualificados.
Sanção Presidencial - Bohn Gass trabalha, agora, para agilizar a sanção do projeto pela Presidenta Dilma. A intenção do deputado é que a formalização da criação da Anater ocorra no dia 6 de dezembro, dia da Extensão Rural. “Tenho conversado com o Palácio do Planalto para realizarmos a assinatura nesta data simbólica para todo que trabalham com Ater”.