quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Governo Municipal avalia pedido de liberação de recursos para o Carnaval 2014

O prefeito Roque Montagner disse que o sucesso do Carnaval de Rua 2014 depende do esforço conjunto de todas as entidades e do envolvimento de todos os setores organizadores.  “Um bom carnaval não se faz sozinho”, comentou o chefe do Poder Executivo durante reunião com integrantes da Associação Cultural Liga Gabrielense de Carnaval.

O encontro aconteceu na manhã de quarta-feira (15/01), no Gabinete do Prefeito Roque Montagner, com a participação do presidente da entidade Luis Edenilson Waltmann Rodrigues, da diretora financeira Vivian de Ávila Souto Gomes e da secretária municipal de Turismo Denise Lisoski.
O regulamento do concurso de Carnaval de Rua 2014 será definido pela Liga Gabrielense de Carnaval. A entidade discutirá o rateio dos recursos públicos para auxílio aos blocos e escolas de samba. Segundo o prefeito, a associação reivindica a metade do valor de repasse até 30 de janeiro, “mas ainda estamos aguardando uma previsão orçamentária da Secretaria da Fazenda para darmos uma resposta ao presidente”.
Uma coisa é certa. A prefeitura municipal não vai liberar recurso público para as entidades que não prestarem contas dos auxílios repassados em 2013. “E só vamos aceitar notas fiscais de materiais relacionados com o evento carnaval, tipo fantasias e instrumentos, exceto pagamentos de água, luz, telefone e aluguel de prédio. “Vamos ser criteriosos e justos com as entidades que cumprem as regras”, explicou o prefeito. Os horários, dias e locais de ensaios serão divulgados nos próximos dias. “Mesmo sendo um ano difícil, o Carnaval é uma alegria e precisa de apoio”, disse o prefeito.
INOVAÇÕES - A fundação da Associação Carnavalesca de São Gabriel, em  julho de 2013, é uma das inovações para o Carnaval de Rua 2014. Além de se tratar de uma reivindicação antiga, a nova entidade de representação de blocos e escolas de samba foi criada com o objetivo de organizar o evento de Carnaval em parceria com a Secretaria de Turismo.  A proposta do governo municipal é qualificar o evento e com a nova entidade fica mais fácil buscar incentivos nos governos estadual e federal com a elaboração de projetos para o desenvolvimento turísticos da cidade.