sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Tarso Teixeira palestra na ADESG sobre agronegócio e geopolítica nacional

O presidente do Sindicato Rural e vice-presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul, Tarso Teixeira, foi o palestrante da sétima etapa do “Ciclo de Estudos da Conjuntura Nacional e Inserção do Brasil na Geopolítica Internacional”, promovido pela Associação de Diplomados da Escola Superior de Guerra, no último dia 28 de outubro, em Santa Maria. O líder ruralista apresentou um painel sobre “O Agronegócio no Contexto da Geopolítica Nacional”. A palestra foi proferida no auditório do Centro Administrativo Municipal, em Santa Maria.

Ao longo da palestra, Tarso Teixeira discorreu sobre a evolução do agronegócio brasileiro no cenário internacional, onde o país já se tornou o maior fornecedor de grãos e de proteína animal do planeta. “Isto tudo apesar dos grandes entraves de logística que o Brasil possui. Sabendo do potencial brasileiro, nossos competidores internacionais são as principais fontes financiadoras de ONGs indigenistas e ambientalistas, que criam entraves ao pleno desenvolvimento do campo criando um ambiente confuso no cenário político”, afirmou.
Teixeira ressaltou que as correntes ideológicas que vêem o agronegócio brasileiro como um inimigo em potencial, se valem de “correias de transmissão” em órgãos de governança pública como os governos, o Congresso, o Judiciário e o Ministério Público, além de ter vozes também em partidos e segmentos da sociedade civil. “Há um desconhecimento muito grande sobre o que o campo realmente significa para a economia brasileira, e é neste ambiente que proliferam muitas mentiras influentes”, ressaltou.
O presidente da Associação de Diplomados da Escola Superior de Guerra em Santa Maria, Roberto Beltrame, elogiou a apresentação de Tarso Teixeira. “Foi uma oportunidade enriquecedora dentro deste ciclo de palestras, que se dedica ao estudo dos problemas do Brasil para melhor servi-lo”, ressaltou.