quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Coluna do Mainardi

Dissemina
Encerramos a primeira fase do Programa Estadual de Incremento da Qualidade Genética da Pecuária de Carne e Leite – Dissemina. Nesta etapa, em que chegamos a 30 municípios, investimos R$ 1,5 milhão de reais na aquisição de veículos utilitários, botijões de nitrogênio e de mais de 120 mil doses de semên, equipamentos repassados às prefeituras dos municípios contemplados para a execução de programas de melhoramento genético dos rebanhos de corte e de leite de pequenos e médios produtores rurais. Nossa meta é chegar a 212 municípios, totalizando um investimento de R$ 12 milhões de reais. Para isso contamos com recursos do próprio governo do Estado, através da Secretaria da Agricultura e da Fepagro, que coordena o programa, e dos ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, parte viabilizada por intermédio de emenda parlamentar do deputado Paulo Pimenta. Sem o apoio dos governos, os pecuaristas familiares dificilmente teriam condições de promover o melhoramento genético dos seus rebanhos visando produzir mais carne e leite de qualidade.


Plano de Metas
Estamos promovendo, através das Câmaras Setoriais e Temáticas, um debate com as cadeias produtivas do setor primário para recolher elementos que subsidiem a montagem de um plano de ações para as próximas décadas. Será um instrumento orientador da construção de políticas publicas de fomento e promoção deste importante setor da economia gaúcha. Em algumas das cadeias já promovemos seminários de alinhamento estratégico, que agora serão avaliados e atualizados. Estamos desafiados a produzir mais alimentos, com qualidade e sanidade, para que possamos buscar mercados para a produção primária do Rio Grande do Sul. Com isso, geramos renda em todos os elos de cada uma das cadeias produtivas, movimentamos a economia do Estado e ampliamos os recursos para investimentos nos setores estratégicos para o Poder Publico, como educação, segurança, infraestrutura e saúde. 

Veículos
Recebemos, nesta semana, do governador Tarso Genro, 110 veículos para reforçar o serviço de Defesa Agropecuária do Estado. São, basicamente, camionetes e utilitários que serão repassados ás coordenações regionais e inspetorias agropecuárias visando ampliar a mobilidade dos servidores da secretaria na prestação de serviços aos produtores rurais, especialmente na orientação e garantia da produção de produtos saudáveis e para atuação preventiva no que diz respeito a defesa sanitária. Esta compra, com recursos do Governo do Estado e do Ministério da Agricultura, faz parte do programa de revitalização e modernização da defesa agropecuária gaúcha, que também passa pela reforma e equipamentos da inspetorias, treinamento de pessoal e outros investimentos que estamos coordenando. 

IDAs
Entregamos, nesta semana, mais quatro inspetorias reformuladas. Estivemos em Bom Jesus, São José dos Ausentes, Cambará e São Francisco de Paula, na região dos Campos de Cima da Serra, para os atos, aproveitando a ocasião para conhecer mais de perto o trabalho dos servidores do Departamento de Defesa Agropecuária, agradecer pelo comprometimento de todos e dialogar com as classes produtoras, recolhendo seus anseios e reivindicações.