quinta-feira, 13 de setembro de 2012

De Brasília - Nilo Dias


A viagem dos sonhos

A amiga Carmem Saccol dos Santos, o esposo Alcir e a sobrinha Mariana, filha do amigo César Saccol dos Santos, realizaram aquilo que se pode chamar de “a viagem dos sonhos”. Saíram de Porto Alegre dia 19 de agosto e retornaram em 31 do mesmo mês. Foram 13 dias pela Europa. Primeiro, em Lisboa, com toda a
sua tradição, depois na pequena Rio Tejo, a religiosidade de Fátima e por fim a pitoresca Marvão, com seus antigos castelos e ruelas.
De Portugal para a Espanha, começando por Madrid, linda cidade com seus parques, seu verde e sua cultura. Depois seguiram para Zaragoza, com direito a conhecer a bonita Praça de Pilar. Em Barcelona o encanto da arquitetura dos prédios, detalhes de esculturas dos grandes artistas espanhóis, os barcos em águas mediterrâneas e o movimento incessante nas ruas e nos calçadões.
A viagem continuou pela França, começando por Nice, onde visitaram a famosa fábrica de perfumes Fragonard. Depois, Mônaco, com suas espetaculares paisagens, tendo o mar como cenário maior. Saindo de Mônaco em direção a Itália por uma auto-estrada, se depararam com paisagens em meio a montanhas. Passaram por mais de cem túneis. Chegando a Veneza, tiveram a oportunidade de ver navios gigantescos, pontes, gôndolas e uma imensidão de turistas.
Depois conheceram Florença, considerada o berço da cultura renascentista. É uma das mais belas cidades do mundo. Caminharam no centro histórico, admiraram suas igrejas, monumentos e a catedral suntuosa. Então seguiram para o destino final, Roma. Visitas a locais fascinantes como a Roma Barroca, Coliseu, muitas basílicas, praças, fontes, como a Fontana di Trevi, lindíssima.
E é claro, não poderiam deixar de ir ao Vaticano, onde conheceram o interior da Basílica de São Pedro, as principais salas dos museus e a Capela Sistina, com as pinturas  incríveis de Michelângelo. No roteiro uma chegada até o popular Bairro de Trastevere, com seus pequenos restaurantes.
Fim de festa. Foi segundo Carmem, uma viagem fascinante, para não ser esquecida jamais. Retorno ao Brasil, com conexão em Brasília. A amiga Carmem disse que teve vontade de nos ver, mas não levou o endereço. Uma pena, mas oportunidade não faltará.

Morreu o amigo “Xodó”

Em meio ao feriadão da Independência fiquei sabendo de uma notícia muito triste, o falecimento do amigo Lenir Herton Reich, o popular “Xodó”, que vinha lutando contra um câncer no esôfago. Foi operado no último sábado, mas não resistiu e acabou falecendo, aos 61 anos de idade.
O sepultamento ocorreu no sábado, mesmo, no cemitério local.  Durante muitos anos ele foi proprietário da loja “Xodó Discos”, que se localizava na rua Coronel Soares, próximo a General Mallet. Deixou esposa e um filho. A família enlutada os sentimentos do colunista. (E-mails: nilodt@hotmail.com e nilodias@ibest.com.br)