quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Parceria com Associação de Moradores das Pontas do Salso beneficia produtores de quatro localidades

A prefeitura municipal oficializou na manhã de segunda-feira (26/11), com a assinatura de um convênio com a Associação de Moradores das Pontas do Salso, uma parceria com os produtores daquela localidade, no interior de São Gabriel, com o objetivo de implantar ações de preparo de solo e, num segundo momento, a abertura de bebedouros e uso de roçadeira. O documento foi assinado pelo prefeito Roque Montagner e pelo presidente da entidade comunitária, Volmar Machado. Também participaram da reunião, o vice-prefeito Evandro Obaldia Guedes, o secretário da Agricultura João Cunha e integrantes da diretoria da Associação.

De acordo com o prefeito Roque Montagner, o convênio garante à associação auxílio financeiro para que a entidade possa desenvolver atividades em prol da comunidade. O documento estabelece o repasse de R$ 2 mil, através da Secretaria Municipal de Agricultura, até o final de 2013. O convênio poderá ser prorrogado por um período de um ano.
A parceria já vem apresentando resultados positivos. Segundo o presidente da associação, já foram beneficiados 35 produtores, com a perspectiva de chegar a 50 até o final de dezembro. Os trabalhos estão beneficiando quatro localidades: Cerro do Ouro, Palma, Passo do Ivo e Pontas do Salso. Para o prefeito, “trata-se de um modelo de parceria que vem apresentando resultados positivos e que poderá ser implantado em outras localidades”.

COMO É FEITO? - As ações ganham agilidade com a manutenção de um trator (da comunidade) na sede da Associação e a disponibilização de parte dos implementos para a execução dos trabalhos é fornecida pela Secretaria Municipal de Agricultura. A descentralização de atividades no interior do Município, dando suporte as associações comunitárias, é uma proposta de governo anunciada ainda durante a campanha eleitoral, lembra o vice-prefeito Evandro Obaldia Guedes. “E está sendo bem sucedida nas Pontas do Salso, pois, além de agilizar o trabalho, com uma patrulha rural permanente no local, também apresenta economia para os cofres públicos e para os produtores”, comenta. Conforme dados da Associação de Moradores, cada produtor beneficiado com a patrulha rural tem economizado, em média, 25% por hora/uso do trator.

 AMPLIAÇÃO - O convênio poderá ser ampliado. A direção da Associação de Moradores propôs estender a parceria também em ações de recuperação e manutenção das estradas. A entidade apresentou levantamento da situação viária na região, expondo fotos para o prefeito e para o vice-prefeito, e admitindo que é possível ajudar na conservação das vias.
O vice-prefeito falou sobre a questão: “hoje estamos passando por uma situação caótica por causa das chuvas”, comentou. Para ele, o apoio da comunidade é importante, “principalmente neste momento que sofremos com a falta de maquinário e de material. O problema é complicado no interior e na sede do Município. Aqui, para reestabelecermos a normalidade, a Secretaria de Serviços Urbanos vai precisar de no mínimo 200 cargas de balastro. Trata-se de uma situação caótica, mas que está sendo tratada com prioridade, conforme determinou o prefeito Roque”. Para atender o interior do Município, a Prefeitura Municipal tem apenas três patrolas e uma delas poderá ficar parada por problemas mecânicos no motor.