quinta-feira, 6 de junho de 2013

Secretaria da Saúde dobra atendimento na rede odontológica

O Município de São Gabriel dimensionou o atendimento odontológico para a população de bairros e regiões interioranas. Em menos de seis meses a Coordenação Municipal de Saúde Bucal dobrou o número de atendimentos para a comunidade. Em algumas Unidades Básicas a disponibilidade de atendimento foi triplicada. As informações são do coordenador do setor, cirurgião dentista Aroldo Alves Júnior.

De três atendimentos, dificultados pela precariedade dos equipamentos, a Unidade Básica Zona Oeste, na Vila Mariana, pulou para 24 procedimentos diários. Desde o dia 29 de maio o consultório odontológico ganhou novo visual, moderno, com cadeira e equipamentos novos. “Rebocamos e pintamos as paredes e ainda instalamos uma autoclave (esterilizador)”, disse o coordenador.
A UBS Zona Oeste realiza 24 atendimentos por dia, sendo 16 para bairros, quatro para o interior e quatro para casos emergenciais. O atendimento é feito em dois turnos (12 durante a manhã e outros 12 na parte da tarde). O agendamento é feito um dia antes, com distribuição de fichas entre 14h e 17h. Os investimentos no setor também beneficiaram as comunidades do Bairro Independência. Em maio começou a funcionar, pela primeira vez, o consultório odontológico da UBS sediada dentro do bairro.
Próximo ao centro, atendendo a população dos bairros Passo da Lagoa, Baltar, Siqueira, Mato Grosso e proximidades, a UBS PAM passou a agendar nove atendimentos diários. Aroldo explica que foram feitos procedimentos de revitalização do consultório e troca de equipamentos. A proposta é ampliar o atendimento, no entanto, o processo será feito de forma cautelosa com o propósito de não sobrecarregar o quadro profissional e prejudicar a comunidade. A Unidade Santa Clara também está atendendo nove pacientes por dia, sendo cincos fichas para a população da cidade, duas para o interior e duas para casos de emergência.
O prefeito Roque Montagner encontrou a Secretaria Municipal da Saúde com muitas dificuldades financeiras. Entre elas, o prefeito destacou a falta de crédito com fornecedores da área farmacêutica. Mesmo assim, os investimentos estão sendo feitos. Muita coisa acaba não aparecendo visualmente, mas refletem no atendimento à população.
Na área odontológica, o Bairro Bom Fim será o último a receber investimentos. Por enquanto, o governo municipal faz a manutenção dos equipamentos com o objetivo de não parar o atendimento.
A partir de setembro, a UBS será instalada em novo endereço e a Secretaria da Saúde investirá numa reforma completa. De qualquer forma, hoje, a população tem a sua disposição sete atendimentos diários. Em resumo, o prefeito Roque Montagner comemora o que chama de evolução para o setor, “pois passamos a atender duas ou até três vezes mais do que há seis ou 12 meses atrás”, finalizou.